Diário De Produção: LIMITER!! Pra Que Serve? Qual Usamos e Indicamos. (#03)


Hoje vamos falar de LIMITERs, já que estamos finalizando nosso novo single e essa ferramenta é extremamente útil. Mas primeiro para que serve um LIMITER?

Basicamente ele serve para limitar os picos do áudio impedindo que eles passem de um nível definido pelo usuário tentando manter (limitar) ou aumentar (maximizar) o volume do áudio.

A princípio o LIMITER é um tipo de compressor só que pré-programado pra se ter um RATIO aproximadamente de 20:1, às vezes 30:1 dependendo do limiter, mas se isso é grego pra você. CALMA!!

Existe muita confusão ao se utilizar um LIMITER e COMPRESSOR, pois os plugins de hoje acabam por fazer tudo em um só. Porém dicas simples podem ajudar a entender melhor e a ter um bom resultado.

COMPRESSOR: 
  • Use quando houver muita variação de dinâmica no áudio pra ter um som mais uniforme (gravações de baterias, baixos e vocais são os campeões).
  • Use separadamente em cada canal que necessitar controlar a dinâmica.

LIMITER: 
  • Use ele pra não deixar seu áudio clipar (atingir mais de 0db ocasionando distorção).
  • Ao contrário da compressão, você vai obter melhores resultados se usar o LIMITER em um grupo de canais.
Atualmente estamos usando quatro LIMITERs que recomendamos que você faça o teste pra usar em suas produções:

LIMITER 6 (Vladislav Goncharov)

 Esse plugin além de fazer, quase, “milagres” no seu áudio é totalmente FREE (Clique aqui pra baixar) e tem versão pra 32 bits e 64bits. O ponto fraco dele, também é seu ponto forte, são os vários parâmetros reguláveis, se você não souber pra que serve cada parâmetro dificilmente vai conseguir chegar a um resultado que salte os alto falantes, rsrs.

INVISIBLE LIMITER (AOM)


Aqui temos uma ferramenta ótima pra usar quando o som tá legal, mas apenas se quer deixar tudo em 0db. Cuidado com o parâmetro OVER SAMPLING ele pode ajudar, porém você vai consumir muita CPU.



PRO-L (Fab Filter)


Se você procura um limiter pra dar aquela pitada de volume sem perder a dinâmica, essa é uma ótima ferramenta. Ele possui vários presets que ajudam muito quem não tem muita experiência.



KRATOS MAXIMAZER (Kuassa)


Esse limiter vai colocar seu som nas alturas, é muito bom quando se quer dar volume, principalmente no groove, como Kick, Hit Hat, Snare e outros sons percussivos.



Usamos e testamos vários outros LIMITERS como:

  • WAVES L1, L2 e L3 (usado na maioria de nossas produções até a metade de 2011).
  • Izotope Ozone Maximazer 5 (muito versátil, também presente em nossas últimas produções).
  • L82 Loudness Maximazer.
  • Oxford Limiter.

Considerações finais:

Lembre que se tratando de música eletrônica, ao trabalhar com loops martirizados ou VSTi´s você pode “dispensar” o uso de compressão, ficando apenas o LIMITER com a função de segurar o áudio (master ou grupo de canais) pra que não passe do 0db, mas isso também não é regra, rsrsrs.

O melhor conselho em relação a áudio sempre vai ser:
Teste muito, aprenda, mas não se prenda a fórmulas ou conceitos pra chegar ao resultado que busca. Ficou legal e você gostou? É isso que importa.

DOWNLOAD: Will.I.Am ft. JLO & Mick Jagger - Go Hard (R3hab vs The Eye Remix)

Já faz uns dias que o Rehab disponibilizou esse remix em seu soundcloud, mas pra resumir um pouco esse som é uma paulada na "ZOREIA", rsrsrs.

* O download é disponibilizado pelo próprio Rehab.
Clique aqui para fazer download da música.

Esse remix do Rehab lembrou muito um remix que fizemos a quase um ano atras: Adele - Rolling In The Deep [Clique aqui para ouvir e baixar: Adele - Rolling In The Deep (Unover Remix)] e o nosso remix por sua vez teve forte influência de uma música do Deadmau5 chamada Sofi Needs A Ladder.

O resultado final das três produções é bem diferente, cada uma tem vocais distintos, mas o synth base de cada uma tem uma sonoridade bem parecida, além da divisão rítmica muito próxima.

Ficou curioso?
Ouça o synth do Rehab aos 0:30 (no player acima)  depois compare com o synth do nosso remix; Adele - Rolling In The Deep (Unover Remix) também aos 0:30 e por fim ouça o synth em Deadmau5 - Sofi Needs A Ladder aos 1:00.

DOWNLOAD: Avicii & David Guetta vs Whelan & Di Scala - Sunshine to Sunrise (eSQUIRE Bootleg)

Blah blah blah? Blah blah blah blah blah blah blah blah blah blah blah SONZERA blah blah blah blah blah blah blah blah blah blah .

Blah blah blah blah blah blah blah blah blah blah blah eSQUIRE blah blah blah blah blah blah blah blah blah blah.

* O download é disponibilizado pelo próprio eSQUIRE.
Clique aqui para fazer download da música.

Precisa falar mais? Rsrsrsrsrs

Diário De Produção: Substituindo o ABLETON pelo REAPER. (#02)


Já faz algum tempo que a gente vem procurando um novo programa de produção (DAWDigital Audio Workstation) atualmente estávamos usando o Ableton e estávamos tendo dificuldade pra trabalhar e chegar a um resultado igual quando usávamos o Nuendo e o Acid Pro.

Em nossa busca encontramos o REAPER e hoje vamos colocar apenas a nossa opinião, não quer dizer que o Ableton é ruim. Nós continuamos usando ele pra tocar, mas não mais para produzir.

MOTIVOS PARA DEIXAR O ABLETON: 
  • Ele é muito pesado, exige muito do computador, se isso fosse convertido em QUALIDADE final seria ótimo, mas é apenas a forma como ele trabalha.
  • Não tem um MIXER separado, está tudo junto na tela de CLIPS, se você quer mais espaço e usar duas telas o Ableton não vai te ajudar.
  • Alguns atalhos não são configuráveis e são de difícil acesso no teclado, principalmente o Zoom in e o Zoom out que usamos infinitamente na hora de produzir e editar um áudio.
  • Ele é 32 bits por isso tem toda sua limitação em relação ao processamento do seu computador, muitos plugins já estão sendo criados para o padrão 64 bits. (Veja nosso artigo sobre a nossa pesquisa em relação a plugins e softwares de 64 bits CLIQUE AQUI).
  • Na parte de automação tem um pequeno detalhe que dificulta o trabalho, depois que você fez uma automação de volume não é possível alterar o volume do canal mantendo a automação.
  • Não existe uma ferramenta que facilite o uso de  Loops ou Samples.

Existem várias qualidades que contaram muito na hora de migrarmos para o Ableton, a principal foi a facilidade de usar plugins VSTi, se tratando de música eletrônica trabalhamos quase que 90% com instrumentos virtuais.

O QUE ESTÁVAMOS PROCURANDO EM UM DAW:
  • Trabalhar em 64 bits.
  • Facilidade para usar plugins VSTi.
  • Qualidade de mixdown.
  • Facilidades no endereçamento de canais.
  • Atalhos e funções que ajudem na edição de áudio otimizando a produção.
  • Um DAW barato (a maioria usa softwares crackeados, mas é bom ter tudo original, pois diminui drasticamente o erro e travamentos que atrasam o trabalho).
  • Um programa leve, que não necessite um computador da NASA para criar uma simples música.
Estamos finalizando nosso novo single, 100% feito no Reaper, vamos fazer tentar fazer alguns posts do software com as características que gostamos, uso de algumas ferramentas e dicas, antes precisamos terminar nosso novo single.

Até o próximo Diário de Produção.

Chukie - Remixes, Mash ups, Bootlegs e Sets (Free Download)



Quem acessa nosso blog já percebeu que gostamos de valorizar artistas que disponibilizam suas músicas pra todo mundo baixar FREE.

Hoje vamos compartilhar o som do CHUKIE, um produtor “DUZ BAUM” que tem várias produções liberadas.

Abaixo tem o player aonde você pode ouvir e baixar várias produções e também alguns sets:

* Para ouvir é só clicar no nome da música, pra baixar é só clicar em DOWNLOAD (o link é direto, clicou baixou).
*O download é disponibilizado pelo próprio Chukie.

Tem muita música boa!   Qual você gostou?   Qual você baixou?

Ranking: Top Dee Jays (Será?)


Você já conhece o ranking do Top Dee Jays (http://topdeejays.com/)?

Esse é um site que calcula a popularidade dos Dj´s e Produtores de música eletrônica no mundo todo, um ranking baseado nas mídias sociais como Facebook, Twitter, Soundcloud, Youtube, Google +, Myspace e Last Fm. Você pode saber como eles calculam essa popularidade aqui (http://topdeejays.com/about/)

O legal desse ranking é que qualquer um pode cadastrar um artista ou se cadastrar, mas é o próprio site que verifica as informações e calcula diariamente sua colocação no seu país, no mundo, no estilo e também em cada rede social separadamente.

"Ainda não estão cadastrados todos os dj´s do mundo, mas uma grande maioria já está lá, principalmente os que têm muitos fãs, já que qualquer um pode enviar o nome de um Dj ou Produtor."

Claro que a gente já se cadastrou no site e no primeiro dia estávamos em 10º colocado no ranking de todos os djs do Brasil, mas o Darth Vader (Darth & Vader) usando o lado negro da força se cadastrou e agora estamos em 12º lugar (rsrsrs galera é só zoação com o nome do artista).


O grande problema que surge é se você comparar o ranking do Top Dee Jays com outros rankings, como os de revistas e sites.

A maioria dos rankings se baseia em votos gerando um grande problema, pois nem todos os artistas tem fãs que vão se dar ao trabalho de votar todos os dias e às vezes sequer de votar, mas isso não significa que eles não gostem do Dj, aí entra o perfil dos fãs dos artistas (dj´s e produtores).

A forma de calcular a popularidade de um dj, baseado nas redes sociais, faz a gente pensar em cinco coisas:
  • Os produtores irão dominar o cenário, pois é mais fácil ver e ouvir o trabalho de alguém que produz música do que um Dj que apenas discoteca nas baladas. Acredito que a tendência é termos mais DJ´s produtores ou Produtores Dj´s do que os dois separados.
  • Celebridades que migram para música eletrônica vão facilmente estar entre as primeiras colocações, por hora a maioria sabe o valor que se deve dar pra essa galera que faz bico como DJ.
  • Rankings baseados em votos perdem um pouco da credibilidade, já que 100 pessoas podem votar várias vezes em um artista, porém um artista pode ter 100.000 pessoas que o acompanham, mas não necessariamente estão dispostas a votar.
  • Um ranking baseado na popularidade em mídias sociais faz com que os artistas foquem em divulgar seu próprio trabalho e menos em sites e revistas.
  • Se o ranking do TOP DEE JAYS for usado como parâmetro pra classificar um dj ou produtor, vamos ter muitas promoções e sorteios de brindes em troca de followers, likes e inscritos (infelizmente isso já existe).
E que você acha de um ranking baseado nas redes sociais?
Você vota em seus artistas favoritos em rankings de sites e revistas?
Você acha que muitos esquecem de fazer música pra investir em marketing e figurar todos os rankings?

Diário de Produção: O Início


Pra galera que acompanha nossos artigos sobre produção musical, pra quem tem curiosidade de saber como funciona a nossa rotina de trabalho de produção, pesquisa de sons e informações a gente vai começar o DIÁRIO DE PRODUÇÃO.

Decidimos fazer o diário porque produzir vídeos tutoriais tomava muito tempo, é preciso escolher um tema, pensar nas informações e principalmente como a gente vai passar toda a informação, depois gravar (essa parte não demora muito) editar (essa parte é chata, rsrsrs) e por fim publicar.


No DIÁRIO DE PRODUÇÃO a gente vai documentar tudo que estamos fazendo e pensando, vocês vão poder acompanhar esse dia a dia de forma mais simples e rápida do que nos vídeos tutoriais.

Com a mesma finalidade dos vídeos e artigos de produção, a intenção é compartilhar, trocar informação com todos, aprender juntos.

Essa semana a gente viu tutoriais de como usar plugins que simulam saturação de fita e de valvulas, estamos testando um novo software (REAPER), lemos a respeito de DITHER, um artigo comparando vários limiters, achamos plugins muito bons e de graça, enfim tudo isso vamos compartilhar com vocês, só é preciso acessar nosso blog e ler o nosso DIÁRIO DE PRODUÇÃO.

Esperamos a participação de todos. Uma ótima semana.

Guitz e Labely (Unover)

MIXTAPE: Moguai - Punx Up The Volume (Episode 39) [DOWNLOAD]

Fazia tempo que  a gente não ouvia um podcast que realmente desse vontade de ouvir até o final, mas esse só tem sonzera do começo ao fim.

Punx Up The Volume está na 39ª edição e o Dj e produtor alemão Moguai tá mandando muito bem no podcast.

* O download é disponibilizado pelo próprio Monguai.
Clique aqui para fazer download da música.

TRACK LIST

01 - Bingo Players - L'amour 
02 - Moonbootica - Iconic 
03 - Chemical Brothers vs. Dabruck and Klein - Ultimate again (Dohr and Mangold Bootleg) 
04 - Nicky Romero - Toulouse 
05 - Moguai - Lyme (Moguai's Crushed Lyme Edit) - COMING SOON 
06 - Wolfgang Gartner - There and Back (Moguai Edit) 
07 - Swanky Tunes - The Legend 
08 - Afrojack and R3hab - Prutataaa (Dada Life Remix) 
09 - Sunnery James and Ryan Marciano - Lethal Industry 
10 - X-Press2 - Smoke Machine (Sonny Wharton Remix) 
11 - Nicky Romero vs. RHCP - Californication 303 (Ain't and Fish Bootleg) 
12 - Otto Knows - Million Voices 
13 - Jean - Jaques Smoothie - 2 People (Ain't and Fish Remix) 
14 - Orbital - New France (Tom Middleton Remix)


E ai galera, o que acharam do podcast do MOGUAI? Qual a sua música preferida?

Skrillex - Ultra Music Festival (Live Set 23.03.2012)

Pra começar a semana com tudo vamos compartilhar com vocês um set que ouvimos esse fim de semana, hoje aqui no blog vocês ficam com o som do Skrillex no Ultra Music Festival.

O Set começa com uma vibe muito legal e segue assim até o final, com certeza vai agradar quem gosta de Dubstep  e Complextro, um detalhe interessante no set, por volta dos 46:40...

Quer saber o que é? Então clica no PLAY curioso, rsrsrs.


Clique aqui para fazer download do Set.

O que achou do Set do SKRILLEX?