Diário De Produção: LIMITER!! Pra Que Serve? Qual Usamos e Indicamos. (#03)


Hoje vamos falar de LIMITERs, já que estamos finalizando nosso novo single e essa ferramenta é extremamente útil. Mas primeiro para que serve um LIMITER?

Basicamente ele serve para limitar os picos do áudio impedindo que eles passem de um nível definido pelo usuário tentando manter (limitar) ou aumentar (maximizar) o volume do áudio.

A princípio o LIMITER é um tipo de compressor só que pré-programado pra se ter um RATIO aproximadamente de 20:1, às vezes 30:1 dependendo do limiter, mas se isso é grego pra você. CALMA!!

Existe muita confusão ao se utilizar um LIMITER e COMPRESSOR, pois os plugins de hoje acabam por fazer tudo em um só. Porém dicas simples podem ajudar a entender melhor e a ter um bom resultado.

COMPRESSOR: 
  • Use quando houver muita variação de dinâmica no áudio pra ter um som mais uniforme (gravações de baterias, baixos e vocais são os campeões).
  • Use separadamente em cada canal que necessitar controlar a dinâmica.

LIMITER: 
  • Use ele pra não deixar seu áudio clipar (atingir mais de 0db ocasionando distorção).
  • Ao contrário da compressão, você vai obter melhores resultados se usar o LIMITER em um grupo de canais.
Atualmente estamos usando quatro LIMITERs que recomendamos que você faça o teste pra usar em suas produções:

LIMITER 6 (Vladislav Goncharov)

 Esse plugin além de fazer, quase, “milagres” no seu áudio é totalmente FREE (Clique aqui pra baixar) e tem versão pra 32 bits e 64bits. O ponto fraco dele, também é seu ponto forte, são os vários parâmetros reguláveis, se você não souber pra que serve cada parâmetro dificilmente vai conseguir chegar a um resultado que salte os alto falantes, rsrs.

INVISIBLE LIMITER (AOM)


Aqui temos uma ferramenta ótima pra usar quando o som tá legal, mas apenas se quer deixar tudo em 0db. Cuidado com o parâmetro OVER SAMPLING ele pode ajudar, porém você vai consumir muita CPU.



PRO-L (Fab Filter)


Se você procura um limiter pra dar aquela pitada de volume sem perder a dinâmica, essa é uma ótima ferramenta. Ele possui vários presets que ajudam muito quem não tem muita experiência.



KRATOS MAXIMAZER (Kuassa)


Esse limiter vai colocar seu som nas alturas, é muito bom quando se quer dar volume, principalmente no groove, como Kick, Hit Hat, Snare e outros sons percussivos.



Usamos e testamos vários outros LIMITERS como:

  • WAVES L1, L2 e L3 (usado na maioria de nossas produções até a metade de 2011).
  • Izotope Ozone Maximazer 5 (muito versátil, também presente em nossas últimas produções).
  • L82 Loudness Maximazer.
  • Oxford Limiter.

Considerações finais:

Lembre que se tratando de música eletrônica, ao trabalhar com loops martirizados ou VSTi´s você pode “dispensar” o uso de compressão, ficando apenas o LIMITER com a função de segurar o áudio (master ou grupo de canais) pra que não passe do 0db, mas isso também não é regra, rsrsrs.

O melhor conselho em relação a áudio sempre vai ser:
Teste muito, aprenda, mas não se prenda a fórmulas ou conceitos pra chegar ao resultado que busca. Ficou legal e você gostou? É isso que importa.